Sábado, 4 de Abril de 2009

Homenagem às mães

 
Quero homenagear todas as mães deste mundo;
Negras, brancas, loiras ou morenas...
Todas as flores deste imenso jardim;
Mãe que trabalha, vive na batalha com tanto suor;
Mãos calejadas, na lida com a enxada arrumando o jardim;
Enfrentou preconceito, trazendo o sustento e foi trabalhar;
Esta mulher guerreira e universal, viva a princesa Isabel que com palavras de mel cortou todo o fel da escravidão;
Viva a mulher brasileira e outras estrangeiras por todo Brasil...
Mãe carinhosa, amiga e generosa como só as mães sabem ser...
Quero homenagear as novas e as mais velhas, pois cada uma delas, tem seu valor, temos que germinar a semente que criou tanta gente, com muito amor...
Todas as mães são formosas, cheias de prosa para cima de nós...Mas quero homenagear também aquelas que já não estão mais aqui;
Essa talvez seja a mãe mais importante de todas que já vi, onde só resta saudade quando lembramos de ti.
 

sinto-me: alegre
publicado por Fernanda Ribeiro às 23:07
link do post | comentar | favorito

minha filha

Filha
 
   Quero te dizer o quanto me fazes feliz, lembro-me perfeitamente, da primeira vez que em meus braços ficou, do primeiro choro, do sorriso que tu me deu.
Filha tu estas crescendo, e a cada dia tenho em mim um grande medo de perder-te, sei que o mundo espera por ti, que um dia vais ter tua família, ser feliz como hoje sou por estar a seu lado. Um dia saberá como uma mãe sofre, sem saber como o filho esta, saibas que tenho treinado muito, pois nem uma mãe quer o filho libertar, talvez porque sou egoísta.
Mas, quero lhe dizer, sempre conte comigo, quero ser teu abrigo onde quer que estejas, tenha em mim uma amiga com quem possa contar.
 

sinto-me: muito feliz
publicado por Fernanda Ribeiro às 22:59
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Querida Amiga

Sem você não sei viver,pois preciso sempre do teu carinho,das palavras amigas que só você sabe dizer;
Só você conhece minha história ,lutas e glórias que em minha vida passei;
Só você conhece meus prantos e minhas alegrias de viver;
Querida amiga,onde estas nesta hora em que preciso de ti;
Será que Deus é injusto por levar deste mundo ,alguém especial;
Choro hoje a saudade de quem tanto me amou...
Querida amiga ,será que sabes de imenso amor que sinto por ti...ou será que apenas usei quem tanto amei para desabafar...
Querida amiga, estou só,mas queria poder dizer nesta hora o quanto gosto de ti;
Pena que Deus levou , meu anjo protetor o ser que mais amei...
sinto-me:
tags:
publicado por Fernanda Ribeiro às 22:45
link do post | comentar | favorito

Meu primeiro amor!

Lembro-me da primeira vez que te avistei...
Nossos olhos se cruzaram.Tortuosos como ondas do mar me perdi, desordena em milhares de pensamentos e sensações que nunca havia sentido.
Era um amor proibido!O que deixou mais aceso ainda nossa paixão, era tão menina e você também tão imaturo, lembro-me das loucuras de amor...Das risadas que demos...Das artes que fizemos para poder ter minutos de prazer.Como eram belos aqueles dias sem compromisso, onde o que nos importava era o amor...Onde conhecemos juntos, todos detalhes do prazer sem medo e sem pudor algum...
 Lutando contra todos que eram opostos a nossa felicidade.
Mas como tudo na vida acaba.As mesmas ondas que vieram levaram com elas o nosso amor e também a amizade!
 Cheias de-------------------Felicidades & vitórias!
Terminando uma historia, de dois jovens aventureiros...Onde na adolescência deixamos, marcas por onde passamos. Alguns até hoje não conseguem esquecer!As maluquices que nos dois fizemos!
                       
 
 

sinto-me:
publicado por Fernanda Ribeiro às 22:33
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 2 de Abril de 2009

Minha vizinha é fofoqueira!mas o visinho?

Quem nunca teve uma vizinha fofoqueira?
Que passa á vida inteira a cuidar de você!
A minha é assim vive cuidando a vida dos vizinhos!Parece uma serpente, rastejando em meio ao jardim!Um dia quase a molhei com o regador...Coitada!Estava apenas cuidando de mim.Antes ficava brava agora nem ligo, acho até engraçado!
Ter tanto trabalho só para saber mais sobre a vida de alguém seria mais fácil ela perguntar.Vou dar essa idéia a ela quem sabe não é melhor.
Pois não é que a danada já se meteu em varias confusões, por ficar catando a vida dos vizinhos!
Uma vez, me acordei assustada com tanto barulho, e fui olhar e não é que minha vizinha estava caída no chão!
Tinha subido no muro para espiar, pior para ela, pois caiu na armadilha “pega vizinha”, que prepararam justamente para a coitada.
Mas não adianta acho que é doença, pois ainda insiste em vigiar a vida do povo.
Não reclamo, basta quinze minutos de conversa e pronto, ela é melhor do que qualquer jornal, os fatos são relatados sem nem uma interrupção, mal respira a pobrezinha!
Mas lembre-se que a vizinha deve ser uma grande amiga, nem todas são assim.Tem as que não gostam de falar e preferem escutar, tem vizinha boa e também tem as boas vizinhas.Para que você também possa olhar!
Mas fiquem ligados porque também existem ótimos vizinhos!Mas esses não são fofoqueiros! Eles gostam mesmo é de trabalhar.Mas trabalhar na sua casa é claro sempre dispostos, a ajudar a sua esposa!Que como boa vizinha não consegui recusar!
E assim é a vida, um cuidando do outro, não é mesmo vizinho?
Tem uma torneirinha pingando para o senhor arrumar!

sinto-me:
tags:
publicado por Fernanda Ribeiro às 15:25
link do post | comentar | favorito

Amigo! Sinto sua falta!

Às vezes pensamos que ao nos afastarmos de um amigo

Iremos perde-lo, mas o fato de mudarmos de escola, de irmos para outro lugar, não seria motivo suficiente para que esse amigo pudesse nos esquecer;

Penso que se a amizade é verdadeira, não existirá barreira que impeça a amizade;

Sei que a saudade é grande! Mas nada nesse mundo é maior e talvez mais importante do que a amizade seja ela de um pai, mãe ou irmão, ter um amigo é acreditar no amor, puro e verdadeiro;

Por muitas vezes, demoramos em reencontra-los, mas para quem acredita no poder da amizade, nunca estará só;

Pois temos nossos amigos bem guardados em nossos corações, e quando menos esperamos o destino nos surpreende, trazendo noticia daquele amigo querido, que um dia partiu...

 

 

publicado por Fernanda Ribeiro às 06:18
link do post | comentar | favorito

O TEMPO PASSOU...

 

        E já não tenho certeza do que é importante...
Viver?Comer? Beber?Sei lá?
O tempo ainda esta passando, tempo perdido?
Não sei dizer!
Quero escrever!Brincar!Cantar...Fazer rimas e versos!
Tenho que trabalhar!Mas meus dedos continuam a escrever!
Tenho muitos poemas para relatar!Muitos contos para contar!Mas o tempo é curto.
O relógio não para!Tic tac ele faz...Sou compulsiva escrevo sem parar...
Tempo bandido, dele sou escrava...E quanto, mais as horas passam, mais estou em seu poder...
O tempo passou, não fui trabalhar!
Realmente não sei o que é certo, e o relógio continua a batucar...
Ainda bem que sou autônoma...Não vou ser despedida.
Então continuo a escrever, enganado o tempo que não para de passar!
Sou escrava, dessa vida por que descobri nas palavras tudo que estava trancado em mim!
Já descobri!Quero beber!Quero comer!E também quero trabalhar!
Mas também quero escrever o que penso!
Já sei o que é importante!
Sei que não importa a hora, que se faça às coisas, mas sim como elas são feitas!
Vejo tudo mais claro!O relógio foi inventado para ajudar as pessoas a se comportar!
Tudo tem o seu tempo!O seu momento de acontecer!
A hora de comer, beber e dormir!
Mas porque ainda estou aqui?
Lembrei-me!
Não fui trabalhar!
Então continuarei a escrever...


 

tags: poema


 

publicado por Fernanda Ribeiro às 05:45
 
sinto-me: Com sono!Rsrsrs
tags:
publicado por Fernanda Ribeiro às 05:45
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 1 de Abril de 2009

Anjo Viajante

Estive em vários lugares;
Percorri muitos caminhos;
Conheci muitas mulheres,mas fiquei sozinho;
 
Entrei em bares, freqüentei ambientes que nunca,imaginei penetrar,ouvi musicas ,curti festas ,escutei promessas e muitas mulheres chorar;
 
Um dia não escutei mas nada,fiquei sem farra ,trancado neste lugar.Enquanto estou aqui , Escuto vozes,sei de festas das quais não posso entrar;                
 
Ás vezes empurra-me , e nem sei porque;
 
Opa! Hoje esta diferente ,nunca viu tanta gente,gritar: faz força,faz força meu deus ele nasceu!
 
De quem estão falando ? que lugar é esse e quem é essa bela mulher ,com olhos lagrimejados ,olhando para mim;
 
Estou cansado,fraco e nada posso fazer,para ajudar esta majestosa mulher,porque chora tanto assim;
 
Não chore,sra.
 
Não vejo mais nada,ficou tudo escuro,porém sinto -me em paz.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
                                        segunda-feira, 23 de fevereiro de 2009    21:37

sinto-me: Inspirada
tags:
publicado por Fernanda Ribeiro às 16:38
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Homenagem às mães

. minha filha

. Querida Amiga

. Meu primeiro amor!

. Minha vizinha é fofoqueir...

. Amigo! Sinto sua falta!

. O TEMPO PASSOU...

. Anjo Viajante

.arquivos

. Abril 2009

.tags

. todas as tags

.links

SAPO Blogs

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub